19 3797.0... ver

Hospitais Filantrópicos

Importantes prestadores de serviços para o setor de saúde brasileiro, os Hospitais Filantrópicos representam 52% dos atendimentos do Sistema Único de Saúde (SUS). Atualmente, o segmento responde por um terço dos leitos existentes no Brasil, com uma rede capilarizada distribuída pelos estados e municípios.

Apesar da importância que têm no país, essas entidades ainda enfrentam problemas de manutenção e desenvolvimento. Exemplo disso é que, apesar de receberem R$ 9 bilhões do governo em 2011, tiveram um total de R$ 14 bilhões com custos. Além do problema de subfinanciamento do segmento, decorrente da maioria de atendimentos de pacientes do SUS, outra razão para a situação atual é a cobrança incorreta dos serviços pela falta de um sistema que auxilie na gestão de gastos.

Para que as instituições superem essas dificuldades e desenvolvam um plano estratégico com foco no seu desenvolvimento, é necessário o casamento entre os recursos humanos e tecnológicos. Nesse sentido, a Wareline pode amparar a instituição, pois desde sua fundação tem como um de seus objetivos fazer com que os hospitais filantrópicos cobrem corretamente os procedimentos que realiza. Com uma plataforma livre, seu sistema se adéqua à realidade financeira e organizacional da instituição. A empresa possui 110 clientes deste segmento o que representa 44% do total de instituições que atende. De acordo com o Departamento de Informática do SUS (DATASUS) existem 706 instituições do tipo em todo o Brasil.

Com o objetivo de atender a todas as necessidades das instituições, a empresa possui módulos de faturamento e módulos de controle de custos. Os primeiros proporcionam mais agilidade na cobrança dos procedimentos realizados, tanto do SUS quanto de convênios e particulares. Além disso, possuem ferramentas de apoio para o controle de cobrança de pacientes da área de internação e de pacientes atendidos a nível ambulatorial, cobrando, deste modo, consultas, exames e outros procedimentos.

Os módulos de apoio ao faturamento do Sistema Único de Saúde são: AIH, para os pacientes internados pelo SUS; e BPA e APAC, para os pacientes atendidos a nível ambulatorial, responsáveis por cobrar as consultas, exames e outros procedimentos ambulatoriais.

Já os módulos de controle de custos apuram os gastos reais de cada atendimento do SUS, levando em consideração diárias, taxas hospitalares, materiais e medicamentos, exames e procedimentos realizados pelo paciente. Também elabora relatórios que mostram os lucros e prejuízos por paciente. Este módulo possui ferramentas que calculam os valores unitários das diárias, exames e procedimentos e também os custos fixos e variáveis.

Para facilitar ainda mais os processos dentro das instituições, a Wareline possui o sistema CIHA, que exporta os dados gerados pelos atendimentos automaticamente para o sistema do DATASUS.

A empresa também tem uma ferramenta de cálculo da filantropia que computa a porcentagem de atendimentos de uma entidade filantrópica a pacientes SUS em relação à quantidade total, cobrindo as variações previstas pelo Ministério da Saúde. Assim, possibilita ainda mais agilidade e transparência na comprovação dos atendimentos realizados por cada hospital.

A partir do levantamento de indicadores, o sistema Wareline auxilia em uma gestão adequada e facilita a tomada de decisão sem ocasionar perdas financeiras e de pessoal para as instituições.

 Hacklink Shell indir Shell download Php Shell download Bypass shell Litespeed bypass shell https://backlinksale.wordpress.com/ https://hacklinkborsa.blogspot.com.tr/ https://shelldown.wordpress.com/ https://mectry.wordpress.com/ atasehir escort maltepe escort jigolo jigolo kartal escort kurtkoy escort pendik escort porno Kamagra Jel rokettube şarkı indir kaçak bahis jigolo olgun dul bayanlar istanbul jigolo sitesi seks hikayeleri jigolo sitesi hd porno rokettube brazzers porno sex izle sex izle