19 3797.0... ver

Notícias

06/06/12

MP 568 que reduz salários de médicos deve ser modificada

O relator, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), que é líder do Governo no Senado, adiantou que o Palácio do Planalto “enxerga os problemas e a necessidade de mudanças”.

A explosão de atos públicos, greves e paralisações em todo o País surtiu efeito e chamou a atenção do Governo para os aspectos polêmicos contidos na Medida Provisória nº 568. Editada no último dia 14 de maio pela presidente Dilma Rousseff, a MP regula o salário do funcionalismo público federal. A categoria médica protesta contra a resolução, pois sofrerá uma redução de 50% nos seus vencimentos a partir de primeiro de julho.

Nessa terça-feira foi realizada audiência pública da Comissão Mista encarregada de Emitir Parecer sobre a Medida Provisória e, segundo o deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), o que se viu foi a unanimidade entre todos os partidos, inclusive da base do Governo, em relação à necessidade de mudanças no texto. O relator, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), que é líder do Governo no Senado, adiantou que o Palácio do Planalto “enxerga os problemas e a necessidade de mudanças”.

O texto da Medida Provisória trata da remuneração de 30 categorias de servidores federais, mas altera de forma substancial a jornada de trabalho de 20 para 40 horas, as gratificações e a remuneração básica das categorias de médicos e de veterinários. As entidades afirmam que diversas mudanças na remuneração dos médicos, entre elas a criação da Vantagem Pessoal Nominal Identificada (VPNI), serão prejudiciais às categorias. A mudança na remuneração deve atingir inclusive profissionais já aposentados. Os servidores do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) alegam que o prejuízo será ainda maior, chegando a uma redução salarial de 70%.

Para o presidente da Frente Parlamentar da Saúde, deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), membro da Comissão Mista, “o Governo, ao editar essa MP, fez a arte de conseguir juntar oposição e situação no mesmo propósito”. Para ele, é importante que o Parlamento continue seu trabalho, de modo que benefícios previstos na MP sejam mantidos e direitos não sejam retirados, prejudicando os médicos e veterinários. Perondi disse que vai mobilizar o PMDB para que feche questão sobre as mudanças no texto da Medida Provisória.

O relator na Comissão Mista, senador Eduardo Braga, afirmou que a MP foi editada para resolver problemas antigos, mas acabou gerando outros problemas e que precisam ser enfrentados. Segundo o parlamentar, o Governo enxerga a necessidade de corrigir esses problemas. “Vamos fazer o possível e o melhor. Estamos construindo essas correções no âmbito do Governo. é preciso manter os ganhos trazidos pela MP. Tenham certeza que os médicos não terão perdas. Não é essa a intenção do Governo e nem da presidente Dilma Rousseff”, afirmou.

Os ministros do Planejamento, Miriam Belchior, da Coordenação Política, Ideli Salvati, e da Saúde, Alexandre Padilha, declinaram do convite e não participaram da audiência pública.

Fonte: Saúde Web

 Hacklink Shell indir Shell download Php Shell download Bypass shell Litespeed bypass shell https://backlinksale.wordpress.com/ https://hacklinkborsa.blogspot.com.tr/ https://shelldown.wordpress.com/ https://mectry.wordpress.com/ atasehir escort maltepe escort jigolo jigolo kartal escort kurtkoy escort pendik escort porno Kamagra Jel rokettube şarkı indir kaçak bahis jigolo olgun dul bayanlar istanbul jigolo sitesi seks hikayeleri jigolo sitesi hd porno rokettube brazzers porno sex izle sex izle