19 3797.0... ver

Notícias

23/02/11

Redução de custo impulsiona cloud computing na saúde

Crescente demanda por armazenamento de dados está entre os principais fatores para a adoção da nuvem

Crescente demanda por armazenamento de dados está entre os principais fatores para a adoção da nuvem

Trabalhar com as informações em nuvem será um grande desafio para a saúde. Um dos temas mais divulgados e discutidos durante o HIMMS 2011, a cloud computing começa a atrair o interesse dos CIOS do setor. 

Dados da IDC apontam que, em 2012, a computação em nuvem movimentará US$ 42 bilhões, e o setor de saúde não ficará de fora. Para o diretor de TI para Saúde da Symantec, David Finn, a flexibilidade e elasticidade das soluções em nuvem é o que trará vantagem para o setor. "As instituições de saúde gastam grande parte do seu orçamento de TI com a infraestrutura e o armazenamento das informações, que aumenta a cada ano, sobretudo, pelo crescente volume de exames de imagens processadas". 

As vantagens para migrar o armazenamento e a gestão das informações para a nuvem, segundo o executivo, estão na redução de custos com infraestrutura, manutenção (capex e opex) e com a mudança de foco da gestão de TI. "Grande parte do tempo das equipes de TI dos hospitais é atualmente dedicada a gerir toda a estrutura do hospital, com hardware, software e datacenter. No conceito de cloud, esse tempo pode ser dedicado a gestão das informações", completou. 

Outro ponto destacado pelo executivo foi a melhoria do nível de governança de TI dentro do hospital, com a delimitação e rastreamento das informações dentro da nuvem, e da agilidade para a expansão da capacidade de armazenamento e das atualizações.  
 
Imagem
 
O desafio para o armazenamento de dados no setor é pujante, sobretudo pelo crescente volume de imagens geradas a partir de exames e provenientes de PACS. De acordo com a Symantec, no setor, o volume de dados de imagens armazenado é três vezes mais do que o de dados de registro médico eletrônicos, e esse volume cresce 6% a 8% ao ano, o que gera um aumento de storage de 20% a 40% no período. 
 
Foi diante desse desafio e da elasticidade para a expansão da capacidade de armazenamento que o grupo Orlando Health optou por transferir suas informações para nuvem. Com 10,5% dos seus custos de TI centralizados na  estrutura de storage e  com 17% do armazenamento tomado pelos dados trazidos pelo PACS, a entidade optou pelo cluod computing. "Optamos por colocar as informações na nuvem. E podemos destinar o dinheiro e o tempo gasto com o armazenamento de dados para melhorarmos a eficiência na gestão das informações", relatou o vice-presidente e CIO da Orlando Health, Rick Schooler. 

Fonte: Saúde Business Web
 Hacklink Shell indir Shell download Php Shell download Bypass shell Litespeed bypass shell https://backlinksale.wordpress.com/ https://hacklinkborsa.blogspot.com.tr/ https://shelldown.wordpress.com/ https://mectry.wordpress.com/ atasehir escort maltepe escort jigolo jigolo kartal escort kurtkoy escort pendik escort porno Kamagra Jel rokettube şarkı indir kaçak bahis jigolo olgun dul bayanlar istanbul jigolo sitesi seks hikayeleri jigolo sitesi hd porno rokettube brazzers porno sex izle sex izle